quinta-feira, 30 de julho de 2009

Alunos estudam no escuro em escola atingida por incêndio

Os alunos da Escola Estadual Laranjeiras do Sul estão tendo aulas no escuro há quase um mês. No início do julho, o prédio foi atingido por um incêndio que danificou o sistema elétrico. A escola também sofre com a falta de espaço. O risco de desabamento do teto obrigou a direção a interditar três salas de aula.Mesmo assim, a luz não é suficiente. A estudante Ana Carolina Furlan, de 14 anos, disse que tem dificuldades para estudar na sala escura. “O rendimento caí bastante, porque tem bastante dificuldade para enxergar principalmente nos dias que chove”, contou. A professora Luzmar Pukaleski explica que os alunos têm ainda mais dificuldade quando é preciso fazer leitura. “Mesmo que eles tenham o livro didático é complicado. Sem uma solução rápida, ficamos com as mãos atadas”, disse.
A escola é a mais antiga de Laranjeiras do Sul.Há dez anos foram construídas quatro salas de madeiras de foram provisórias. Só agora, três delas foram interditadas por problemas no teto. A diretora Sandra Maria Santos, disse que decidiu retirar os alunos depois de perceber o risco de desabamento. Para abrigar as turmas, o auditório da escola foi separa com uma divisória de madeira.

Nenhum comentário: