quarta-feira, 29 de julho de 2009

Governo quer que Sanepar devolva R$ 744 milhões

A Sanepar recebeu nesta terça-feira um ofício do governador Roberto Requião pedindo a devolução de R$ 744 milhões repassados à empresa pelo Estado. O dinheiro é fruto de empréstimos internacionais contraídos pelo Governo do Paraná. Como a lei veda empréstimos do Estado a empresas estatais, é necessário que aquele valor seja usado para aumentar o capital social da Sanepar.
Porém o consórcio Dominó, que reúne empresas privadas, dono de 40% das ações da empresa, impede na Justiça que a Sanepar convoque assembleia para autorizar o aumento de capital. Assim, o Estado é obrigado a pedir a devolução dos R$ 744 milhões.
No ofício endereçado ao diretor-presidente da Sanepar, Stênio Jacob, e ao presidente do Conselho de Administração da empresa, Pedro Henrique Xavier, o governador pede a devolução de R$ 285 milhões — já pagos pelo Estado aos bancos que emprestaram o dinheiro — em 30 dias. Os R$ 458 milhões restantes devem ser devolvidos em até seis meses.

Um comentário:

JVG ORGANIZAÇÕES disse...

ola mineiro me add ai:
http://jvgorganizacao.blogspot.com